quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O caso do "estupro" no BBB 12

Daniel e Monique
Raramente vejo TV aberta. Quando muito o Jornal Nacional ou outro do gênero. Aderi à TV paga para ter uma programação de melhor qualidade, coisa que parece estar com os dias contados. Sob a desculpa de democratização da TV, seriados e filmes estrangeiros agora só passam dublados.

Os dubladores devem estar contentes, mas eu não. Detesto filme ou qualquer programa dublado mesmo quando o som original vem em língua que desconheço completamente. Nem dá para entender, do ponto de vista lógico ao menos, porque dublar programas da TV paga, já que quem arca com os custos de uma NET, por exemplo, tem perfeitas condições de ler legenda. No mínimo, a dublagem deveria ser opcional, mas o que pretendem é obrigar a dublagem de até 70% da programação da TV paga. Fim da picada, como quase tudo que ocorre nesse país do lulopetismo.

Mas indo à vaca fria, o assunto do momento na Web é o suposto estupro ocorrido no BBB 12, um reality show que, como todos do gênero, já é em si mesmo uma baixaria.  Dois dos participantes do lindo programa, foram filmados em cena íntima na cama do Quarto Floresta, na madrugada de domingo. Após festa regada a muita bebida, os brothers e sisters foram para a cama e, no caso em questão, Daniel parece ter tirado partido de uma Monique inconsciente pelo porre. Observando o vídeo abaixo, com a referida cena, percebe-se que a moça fica imóvel durante todo o tempo do presumido abuso.

O assunto foi parar no Trending Topics (porque não há assunto mais importante a se debater no país), com gente pedindo a expulsão do rapaz do famigerado BBB 12, fato ocorrido na noite de segunda, sob a justificativa de que o comportamento do brother na noite da festa foi gravemente inadequado. O caso também foi parar na polícia que abriu registro de ocorrência a fim de apurar se houve estupro, no caso estupro de vulnerável, por Monique estar supostamente inconsciente, para gaudio das feministas que, com honrosas exceções,  adorariam tirar das mulheres o direito de decidir sobre a violência sexual ou doméstica em quaisquer circunstâncias. Os ativistas negros, por sua vez, a maioria racista às avessas, já acusam Deus e todo o mundo de haver pressionado a saída do modelo do BBB 12 por racismo.

Eles que são fanáticos que se entendam, mas, para quem analisa de forma mais objetiva e distanciada o "causo", com base nos vídeos que reproduzo abaixo, pode tirar conclusões mais sensatas. Ambos os participantes desse imbróglio estavam alcoolizados e na fase dos amassos quando Monique capotou na cama devido à bebedeira. Daniel, igualmente bem alto, tanto que "esqueceu" estar sendo filmado, deu continuidade ao que havia iniciado com a tal Monique mesmo a moça estando aparentemente desacordada. Apenas não dá para saber exatamente em que termos se deu essa continuidade, pois o edredom cobriu a perfomance do moço, mas se imagina.

De qualquer forma, embora o comportamento de Daniel seja reprovável e inclusive realmente passível de penalização, colocar a moça na posição de simples vítima não é justo. Basta ouvir o que ela diz a respeito do assunto, no segundo vídeo abaixo, para constatar que dificilmente ela se enquadra no papel de pobre coitada. O máximo que se pode dizer é que ela foi vítima da própria imprudência.

O fato é que o maior responsável por essa baixaria é o tal Big Brother, pois enfatiza a hipersexualização, entre os participantes do programa, para conseguir Ibope. Isso sem falar que esses reality shows de realidade tem muito pouco. É tudo muito fake, muito encenado, e ninguém minimamente consciente bota a mão no fogo pela veracidade do que se vê seja à mesa do jantar seja embaixo do edredom.

Ganharíamos mais todos se esse tipo de programa deixasse simplesmente de existir, mas o troço é moda no mundo inteiro, onde o nível educacional do povo costuma ser maior do que no Brasil, imagine aqui. Pior é que, enquanto se discute coisas desse nível, nossos políticos, muito mais obscenos do que qualquer ato sexual forçado, continuam aí nos roubando impunemente sem grandes protestos da maioria.

video

video

5 comentários:

Mas se ela quiz tbm pq só estão acusando ele…?
Tadinha ela nunca fez isso, né? Tadinha...rsss

nao tem nenhuma criação nesse programa ate parece que ela nao lembra, tem que sair os dois pois querendo ou nao os dois tavam se aliciando em baixo do lençol queria o que tava todos os dois bebado e cu de bebo nao tem dono

Se ela estava desacordada, não importa se ANTES estava querendo ou não, ele não podia ter continuado. Sexo tem de ser consentido, e todo o mundo tem o direito de desistir de qualquer coisa que começou. Então ele abusou dela sim.

Todo mundo tem direito a desistir.

Pergunta ela desistiu ? pelo que me consta ela esta com a mao no pau do cara e ele na buceta dela. isso é desistir ?

Ela pode ter iniciado os amassos, mas depois apagou por causa da bebida. E ele não devia ter continuado com ela apagada como parece que ficou no vídeo. Foi maus o que ele fez. Mas se ela não está querendo processar ele, deviam deixar quieta essa história.

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites