"Neurosexismo":

contra o progresso da igualdade de gênero - e da própria ciência

O sequestro do termo "gênero":

uma perspectiva feminista do transgenerismo

Mulheres na Ciência

Estudantes criam bactéria que come o plástico dos oceanos

Mulheres na Ciência:

Duas barreiras que afastam as mulheres da ciência

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Dia Mundial sem Tabaco 2010: Mulher você merece coisa melhor que cigarro!


Pessoal, a pra lá de maléfica indústria tabagista vem focando seus esforços de vendas junto ao público feminino, que ainda fuma bem menos do que o masculino. Por isso, a OMS escolheu para o dia de hoje, Dia Mundial sem Tabaco, uma campanha de conscientização das mulheres sobre os males do cigarro. O nosso Instituto Nacional do Câncer (INCA) produziu vários materiais gráficos e manuais sobre o tema que você pode acessar clicando aqui. Abaixo texto do INCA a respeito do Dia Mundial sem Tabaco, 31 de maio, de 2010. Vamos divulgar essa iniciativa!


Esse ano, a Organização Mundial da Saúde, OMS, escolheu como tema para as atividades comemorativas do Dia Mundial sem Tabaco, 31 de maio, "Gênero e tabaco com ênfase no marketing para mulheres".

As ações visam a alertar sobre as estratégias que a indústria do tabaco utiliza para atingir o público feminino e acerca dos males que seus produtos causam à saúde da população e ao meio-ambiente.
No Brasil, o Instituto Nacional de Câncer, INCA, desenvolveu peças promocionais para uma campanha com o slogan “Mulher, você merece algo melhor que o cigarro!”. As peças trazem a imagem de flores como um contraponto à do cigarro. As flores representam proteção ao meio-ambiente, beleza e qualidade de vida, contrastando com o cigarro que representa desmatamento, envelhecimento precoce e problemas de saúde.

Fonte: INCA

domingo, 30 de maio de 2010

OK Computer, quinto melhor álbum dos 25 melhores álbuns dos últimos 25 anos da revista Spin!

OK Computer é o quinto melhor álbum dos 25 melhores álbuns dos últimos 25 anos da revista Spin, especializada em música. Segundo a crítica musical, em geral, é também o melhor álbum  da banda britânica Radiohead, lançado em 1997, de fato sua obra-prima, e um dos melhores discos de rock de toda a década de 90, além de constar da lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

Entre as músicas do álbum, destacam-se as faixas Paranoid Android, Karma Police, Let Down e No Surprises, esta última apresentada com um vídeo inovador, que reproduzo abaixo bem transcrevo sua letra.  O video, dirigido por Grant Gee, consiste de um único close-up da cabeça do vocalista da banda, Thom Yorke, dentro de uma redoma transparente, parecida com um capacete de astronauta, onde a letra da música aparece refletida, subindo vagarosamente. No decorrer do clipe, a redoma vai se enchendo de água, que cobre Thom por um minuto, sendo em seguida esvaziada, enquanto ele volta a cantar.

A letra da música fala de um sujeito que pensa em tirar a própria vida (I'll take a quiet life/A handshake of carbon monoxide -Vou levar uma vida tranquila/Um cumprimento de mão de monóxido de carbono) cansado da rotina da vida britânica que o sufoca de mesmice. A melodia é, apesar da letra angustiante e angustiada, muito bela. Ouçam.



A heart that's full up like a landfill,
a job that slowly kills you,
bruises that won't heal.
You look so tired-unhappy,
bring down the government,
they don't, they don't speak for us.
I'll take a quiet life,
a handshake of carbon monoxide,

with no alarms and no surprises,
no alarms and no surprises,
no alarms and no surprises,
Silence, silence.

This is my final fit,
my final bellyache

with no alarms and no surprises,
no alarms and no surprises,
no alarms and no surprises please.

Such a pretty house
and such a pretty garden.

No alarms and no surprises (get me outta here),
no alarms and no surprises (get me outta here),
no alarms and no surprises, please.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Lady Gaga de namoro com morena!


Existem duas coisas que toda a celebridade feminina - hoje em dia - deve fazer para ser notícia: uma é fazer um ensaio ou clipe fetichista.

Nesse caso, até os homens entram na roda. Do Bruce Willis, passando pela Sharon  Stone, Madonna, Lady Gaga, Christina Aguilera e até a nossa top internacional, Gisele Bündchen, todo o mundo já apareceu de corset, roupas, arreios e botas de couro e um chicotinho para fazer o figurino. Se a celeb quer parecer ousada e sensual, tem que investir no modelito sadomasô.

Outro quesito fundamental para virar notícia é se dizer bissexual. A estonteante atriz Megan Fox, eleita a mulher mais sexy do planeta por mais de uma vez, já revelou gostar de meninos e meninas (ui!). Outra que seguiu pela mesma linha foi a bizarra Lady Gaga que disse, em entrevista ao site Showbiz Spy, em 2009, gostar também de mulheres.

Se é de fato ou se é para a foto, não se sabe, o certo é que, em férias da turnê mundial Monster Ball, a cantora foi flagrada em momentos de abraços e carícias com uma amiga em um passeio de iate, em St. Tropez, na França. Vejam o momento bi da atual diva do pop. Do jeito que a coisa anda, a heterossexualidade vai sair de moda!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

A Globo novamente dando voz aos LGBT!

A chamada grande imprensa vem decididamente mudando o foco sobre o tema da homossexualidade, adotando cada vez mais uma postura positiva e antidiscriminatória. Até o programa Pânico na TV, vaiado na I Marcha Nacional contra a Homofobia, fez, a seu estilo, umas tomadas pela diversidade sexual. Ver aqui!

Há poucas semanas, a VEJA publicou matéria de capa sobre jovens gays, num enfoque positivo até demais, e a GLOBO resolveu tomar nossas dores e dar espaço crescente para nossas vozes. Apesar do facinoroso ganhador do BBB 10, homofóbico de plantão, em outros programas e até em suas novelas, a chamada Vênus Platinada está merecendo o Oscar Gay, outorgado pelo Grupo Gay da Bahia, tal é a sequência de boas matérias sobre o mundo LGBT.

No último Fantástico, por exemplo, a emissora abordou, no quadro apresentado pelo ator Lázaro Ramos, O Curioso, a chamada escola LGBT de Campinas e uma travesti que chegou ao doutorado, tudo num alto astral. Entretanto, o mais divertido sobre esse programa não foi o tema - provavelmente ainda inusitado para muitos - mas  sim, para quem conhece os bastidores do movimento LGBT, o fato de um dos entrevistados, o diretor da escola de Campinas, ser um empedernido comunista, que chama a imprensa de PIG- Partido da Imprensa Golpista  (escrotice cunhada pelo despeitado Paulo Henrique Amorim) e é totalmente favorável ao chamado "controle social dos meios de comunicação", leia-se censura.

Aliás, ele afirma, nas listas de discussão LGBT, que esse enfoque positivo da mídia é, na verdade, um plano de cooptação das pessoas LGBT para que elas acreditem que não existe mais preconceito e deixem de lutar por seus direitos. Isso mesmo...rsss Mas vejam vocês no vídeo abaixo como ele está manso falando com o pessoal da Globo. Ele é o que faz o modelito bofe no par com a drag queen (o nome aparece na legenda). 

Que a Globo e toda a grande imprensa permaneçam sem "controle social" e possam continuar fazendo matérias legais a nosso respeito.

domingo, 23 de maio de 2010

Nevermind, do Nirvana, quarto melhor álbum dos últimos 25 anos, segundo a revista Spin!

Nevermind é o segundo álbum de estúdio da banda norte-americana Nirvana, lançado em 1991, e que explodiu nas paradas de sucesso, consagrando a banda em todo o mundo. A capa do álbum foi eleita, pela revista Rolling Stone, como a melhor capa de todos os tempos enquanto o canal de TV norte-americano VH1, elegeu Nevermind como o segundo melhor álbum de rock da história, apenas atrás de Revolver, dos Beatles.

Segundo os aficcionados, o álbum redefiniu a music pop, lançou a icônica cena grunge e canonizou Kurt Cobain como a "voz de uma geração," um cara sarcástico, de humor negro, espinafrando a própria infância com vocais contagiantes acompanhados de guitarras pesadas, com influências do ABBA, dos Beatles, do Black Sabbath e dos Sex Pistols. Abaixo as faixas do álbum numeradas e o vídeo de um de seus maiores sucessos Smells Like Teen Spirit.

1.Smells Like Teen Spirit - 5:01
2.In Bloom - 4:14
3.Come as You Are - 3:39
4.Breed - 3:03
5.Lithium - 4:16
6.Polly - 2:56
7.Territorial Pissings - 2:23
8.Drain You - 3:43
9.Lounge Act - 2:36
10.Stay Away - 3:32
11.On a Plain - 3:16
12.Something In The Way - 3:50

quarta-feira, 19 de maio de 2010

I Marcha Nacional contra a Homofobia

Diferentes fontes, registraram de 1000 a 2500 pessoas na Marcha Nacional contra a Homofobia, ocorrida hoje (19/05/10) em Brasília, enquanto os organizadores falam em 10.000.  Os números, contudo, não importam tanto. A manifestação me pareceu bonita, e, até agora, não ouvi falar que tenha sido palanque eleitoreiro. No site da Um Outro Olhar, que também edito, você pode checar mais detalhes e um vídeo sobre o evento.

Aproveite para ler também a entrevista sobre a Imprensa Gay no Brasil que fiz com a jornalista Flávia Peret e o conto O Dia Seguinte!

E uma boa noite para combinar com o bom dia 19/05. Marcha LGBT e Ficha Limpa aprovadas em Brasília.


domingo, 16 de maio de 2010

3 melhor álbum da revista Spin: The Smiths - The Queen is Dead!

Como terceiro melhor álbum dos últimos 25 anos, da revista Spin, ficou The Queen is Dead, do The Smiths, banda inglesa, de Manchester, que existiu entre 1982 e 1987 e foi bastante popular em todo o mundo a partir de 1984. A música do grupo foi definida como pós-punk, rock alternativo ou rock inglês, e seu nome The Smiths, sendo Smith equivalente ao nosso Silva, pretendia mostrar os membros da banda como pessoas comuns.

Seu melhor álbum, o citado The Queen is Dead, foi considerado também um dos melhores álbuns de todos os tempos, com destaque para as músicas Bigmouth Strikes Again, The Boy With The Thorn in His Side, There Is A Light That Never Goes Out e I Know It's Over. Reproduzo no vídeo abaixo a bela The Boy With The Thorn in His Side, com a letra. Entre outros sucessos do grupo, destacam-se as canções How Soon Is Now, This Charming Man, Ask, Heaven Knows I'm Miserable Now e Panic.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Por que a vida começa aos 60!

Uma companhia de balé diferente: 25 dançarinos da melhor idade, entre 61 e 85 anos formam o The Company of Elders (algo como a Companhia dos Idosos), fundada e dirigida, em 1999, pelo renomado teatro de dança londirno Sadlers's Wellsut.

A companhia ensaia semanalmente sob a direção de Simona Scotto. Apesar da idade, cheios de energia,  tem se apresentado local (Houses of Parliament, Duckie Cabaret in Vauxhall e The Royal National Theatre) e internacionalmente (Venice Biennale Dance Festival e em Rotterdam). A BBC também fez um documentário com eles (ver o vídeo abaixo). Clicando aqui, você igualmente pode assistir algumas das perfomances deste grupo inspirador, onde o integrante mais novo tem 61 anos e o mais velho, 85. Sem dúvida, quando se quer, a vida começa aos 60.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Piadas cubanas ou porque os papagaios adoram o Fidel!


Abaixo algumas piadas que - segundo consta - os cubanos fazem sobre sua triste situação.  Porque ridendo castigat mores ou Cuba livre, sim, senhor!

Em Cuba, um menino volta da escola para casa, cansado e faminto e pergunta à mãe:
- Mãe, que tem para comer?
- Nada, meu filho.
O menino então olha na direção do papagaio da casa e pergunta:
- Mãe, que tal papagaio com arroz?
- Não temos arroz.
- E papagaio ao forno?
- Não temos gás.
- E papagaio na grelha elétrica?
- Não temos eletricidade.
- E papagaio frito?
- Não temos azeite.

Foi então que o papagaio, contentíssimo, gritou:
PUTA QUE TE PARIU! VIVA FIDEL!!!
-----------------------------------------------------------------------------------------
Esclarecimentos sobre o Gênesis:

— Você sabia que Adão e Eva eram cubanos?
— O que faz você pensar isso?
— Não tinham roupas, andavam descalços, não podiam comer maçã e ouviam dizer que estavam num paraíso.
-----------------------------------------------------------------------------------------

O povo cubano estava todo reunido para ouvir um discurso de Fidel. Seu assessor o olhava, virava para o povo e dizia:
— Vejam, povo de Cuba! Aqui está Fidel! Fidel não tem a barba de Cristo?
E o povo:
— Teeem!
— Fidel não tem os cabelos de Cristo?
— Teeem!
 Fidel não tem os olhos de Cristo?
 — Teeem!
E eis que, de repente, um bêbado berra do meio da multidão:
— Então, por que não crucificá-lo?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Os gladiadores eram vegetarianos!

A imagem dos gladiadores, aqueles homens musculosos e brutais que duelavam entre si nas arenas da antiga Roma e quejandos, sempre nos remeteu a ideia de gente sanguinária na profissão e na dieta. Contrariando o mito, contudo, através da análise científica de ossos desses famosos guerreiros, cientistas descobriram que eles eram de fato vegetarianos. Carne era um prato caro demais para os lutadores, que eram alimentados com vegetais de diferentes tipos. Também ao contrário do que se imaginava, eles recebiam tratamento médico de primeira.

Para a indústria do matadouro, que insiste em atribuir deficiência nutricional à dieta vegetariana, esse é realmente um golpe duro, como um daqueles dado por um gladiador. Vejam que interessante o vídeo.

domingo, 9 de maio de 2010

O álbum 2 dos 25 mais da revista Spin: Sign "☮" the Times (Prince)

Sign "☮" the Times é a música do álbum de mesmo nome (de 1987) que ficou em segundo lugar na lista dos 25 melhores álbuns do últimos 25 anos da revista Spin. Construída quase toda com um sintetizador bem como com uma guitarra entre o blues e o funk-rock, Sign "☮" the Times fala de vários problemas sócio-políticos incluindo AIDS, violência juvenil, pobreza, drogas e a posssibilidade do  holocausto nuclear.

Outra música especial do álbum é If I was your girlfriend (Se eu fosse sua amiga), onde um homem reflete sobre como seria mais íntimo seu relacionamento com sua namorada se ele fosse sua amiga. Abaixo do segundo vídeo, a letra de If I was your girlfriend.



sábado, 8 de maio de 2010

Sites onde você pode ver peças de teatro!

Realmente, a Internet chegou para revolucionar o mundo que conhecemos. São tantas as coisas que podemos ver e fazer via monitor e teclado que corremos mesmo o risco de viver no virtual. Maravilhoso mundo novo.

Há tempos atrás, citei o site do The Auters (agora MUBI), através do qual se podem ver filmes dos mais variados países. Agora apresento o link do portal Cennarium, onde se pode assistir na íntegra uma série de produções teatrais a qualquer hora. Basta se inscrever e pagar de 10 a 40 reais para ver a peça que quiser do acervo do Cennarium (são 40 peças atualmente) por 24 horas. As gravações das peças foram feitas por até 12 câmeras, de diferentes ângulos, durante apresentação normal do espetáculo em teatro, e editadas sob o crivo dos produtores teatrais.

Naturalmente a versão virtual não substitui à ida ao teatro (ver os atores ao vivo é um prazer especial), mas, considerando às dificuldades de acesso do público brasileiro a essa arte em particular, a transposição das peças, para o mundo virtual, pode divulgá-las entre quem nunca se interessou pelo assunto e ampliar os números do público que já é cativo. Além de prover mais recursos para os produtores teatrais que ficam com metade dos valores arrecadados na bilheteria virtual. Veja o que os atores acharam da iniciativa, no vídeo abaixo, e confira no Cennarium as peças em cartaz. Super-legal!

video

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Importante para tod@s @s blogueir@s: Governo recua e muda projeto de lei para web!

  O Ministério da Justiça retirou da proposta de regulamentação da internet regras que criavam um sistema de remoção de conteúdo que permitia o bloqueio de publicações por quem alegasse danos devido ao material.
  A nova minuta do projeto de lei sobre os direitos e deveres relativos à rede, intitulado Marco Civil da Internet, dispõe que os provedores devem realizar a retirada de conteúdos somente em cumprimento a ordens judiciais.
  Em caso de desobediência às decisões da Justiça, os provedores assumem a responsabilidade por prejuízos que as publicações causarem a terceiros, segundo o texto.
  A antiga proposta foi criticada por entidades do setor de mídia. Segundo as associações, o mecanismo de remoção configurava uma forma de censura e violava o direito constitucional de liberdade de expressão.
Felipe de Paula, secretário-interino da Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, disse ontem que a modificação ocorreu porque a maioria das manifestações da sociedade foram contrárias ao sistema.
  A proposta foi publicada para discussão pública em abril no site Cultura Digital

Fonte: Folha de SP. 05/05/10

terça-feira, 4 de maio de 2010

Not Myself Tonight - Christina Aguillera

No clipe Not Myself Tonight, do álbum Bionic (a ser lançado em 8/06/2010), Christina Aguilera parodia Maddona e Lady Gaga, misturando sexualidade fetichista e exotismo com uma música bem dançante. Alguns críticos estão malhando Aguilera  pela cópia das outras cantoras (mas se é paródia não é bem cópia); outros elogiando a star por adentrar num estilo mais dançante. Mas já no título da música, ela define a paródia, ao dizer, que não é ela mesma hoje à noite. Metalinguagem ou desespero de causa? Veja, ouça e tire suas conclusões. Eu gostei! Achei a coreografia bem-feita, a música energética, e a bateria ao final da música uma boa tirada como metáfora de um orgasmo.




Christina Aguilera Not Myself Tonight Lyrics

You know tonight
I am feeling a little out control
is this me
you wanna get crazy
because I don't give a...

1ST VERSE
I'm out of character
I'm in rare form
and If you really knew me
you'd know its not the norm

B SECTION:
Cause I'm doing things that I normally won't do
the old me's gone I feel brand new
and if you don't like it fuck you

The music's on and I'm dancing
I'm normally in the corner just standing
I'm feeling unusual
I don't care cause this is my night

HOOK:
I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

2ND VERSE:
I'm dancing alot and I'm taking shots I'm feeling fine
I'm kissing all the boys and the girls
someone call the doctor cause I lost my mind

B SECTION:
Cause I'm doing things that I normally won't do
the old me's gone I feel brand new
and if you don't like it fuck you

The music's on and I'm dancing
I'm normally in the corner just standing
I'm feeling unusual
I don't care cause this is my night

HOOK:
I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

BRIDGE:
In the morning
when I wake Up
I'll go back to the girl I used to be
but baby not tonight

HOOK:
I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

I'm not myself tonight
tonight I'm not the same girl same girl

Yah, that feels good
I needed that
get crazy
let's go
that's right
come on
give it to me now, don't stop

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Deu no jornal: ''Presidente forte ameaça democracia'' - Gabriel Manzano Filho (FGV)

Reproduzindo notícia alvissareira do Estado sobre a criação do ILADDD - Iniciativas Latino-Americanas em Direito, Democracia e Desenvolvimento que visa discutir os mecanismos legais capazes de impedir o presidencialismo do tipo populista-caudilhista e suas ameaças à democracia.

A vocação do povo para ignorar as leis, o gosto por redigir belas Constituições que ficam nas estantes, os regimes de presidentes fortes e Legislativos fracos estão presentes, hoje, em praticamente todos os países da América Latina. A tudo isso vem se somando um autoritarismo que ameaça destruir as democracias com ajuda das próprias normas legais. Avaliando esse problema comum da região, um grupo de juristas se reuniu em Bogotá, na Colômbia, e decidiu criar um instituto para "pensar" os desafios da Justiça em nível continental - exatamente como a Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) vem fazendo, na área econômica, há mais de quatro décadas.

"Queremos descobrir formas de aumentar o respeito às leis. De dar respostas a fenômenos como o hiperpresidencialismo", explica Oscar Vilhena Vieira, professor de direito da FGV, que participou do encontro de três dias em que se criou o ILADDD - Iniciativas Latino-Americanas em Direito, Democracia e Desenvolvimento. Com ele foram os professores Ronaldo Macedo Jr. e Luciana Gross Cunha, também da FGV. O primeiro encontro do grupo deve ser no Brasil, em data a definir. E um dos primeiros temas dessa "Cepal do Direito" é criar formas de defesa da democracia. "Pois o que se tem é um persistente processo de erosão de garantias constitucionais."

Por que surgiu o ILADDD e como vai funcionar?

A ideia apareceu no ano passado em Buenos Aires, num encontro de juristas. Falávamos de problemas comuns da Justiça em toda a América Latina - a ineficácia das leis na vida prática, o superpresidencialismo, a fraqueza dos Legislativos. Concluímos que é preciso discutir tudo isso como fenômeno continental. Assim como a Cepal produziu documentos para entender o subdesenvolvimento, queremos produzir outros para entender os desafios do direito na região.

E quais desafios virão primeiro?

Na área constitucional, nossos países convivem com uma alta concentração de poderes no Executivo e com Legislativos fracos. Na teoria, temos belas Constituições. Na prática, máquinas políticas que preservam o poder de elites arcaicas. Mas há também questões estruturais: como harmonizar desenvolvimento com igualdade social e equilíbrio ecológico? Como enfrentar a violência do narcotráfico e, ao mesmo tempo, conter a violência do Estado? Como lidar com a cultura, tão generalizada entre nós, de descumprimento da lei?

Há alguma intenção de confrontar o autoritarismo que se fortalece em alguns países, como Venezuela, Argentina ou Bolívia?

A iniciativa está ligada, é claro, às constantes ameaças à democracia e ao Estado de Direito. Se no passado elas vinham dos quartéis, no presente elas decorrem sobretudo do hiperpresidencialismo, seja de esquerda, como na Venezuela, ou de direita, como na Colômbia.

domingo, 2 de maio de 2010

Lista dos 25 discos mais influentes dos últimos 25 anos

Para comemorar seus 25 anos, a revista Spin elegeu, com seus leitores, os 125 melhores álbuns dos últimos 25 anos. Abaixo segue a lista dos 25 mais. O álbum do U2, Achtung baby, foi definido como o melhor de todos. Depois da lista, vídeo da música One, com legenda, um dos hits do álbum premiado.

One é uma música inspirada num momento de crise da banda, na reunificação alemã (1989) e no ceticismo do vocalista Bono com a ideia de unidade (do somos Um da era hippie). A letra diz: "Somos Um, mas não os mesmos." Trata de separação, embora assegure que precisamos aprender a conviver, se queremos que o mundo sobreviva. É muito bonita e, sem dúvida, um momento inspirado do pop.

Até o final do ano, postarei pelo menos 10 músicas da lista dos 25 álbuns mais importantes dos 25 anos da revista Spin.

1. U2 – “Achtung baby”
2. Prince - “Sign o’ the times”
3. The Smiths - “The queen is dead”
4. Nirvana - “Nevermind”
5. Radiohead - “OK computer”
6. Public Enemy - “It takes a nation of millions to hold us back”
7. Guns N’ Roses - “Appetite for destruction”
8. PJ Harvey - “Rid of me”
9. Pavement - “Slanted and enchanted”
10. Nine Inch Nails - “The downward spiral”
11. The Replacements - “Tim”
12. OutKast - “Stankonia”
13. Sonic Youth - “Daydream nation”
14. Beastie Boys - “Paul’s Boutique”
15. Hüsker Dü - “New day rising”
16. Pixies - “Doolittle”
17. De La Soul - “3 feet high and rising”
18. The Strokes - “Is this it”
19. Jay-Z - “The blueprint”
20. My Bloody Valentine - “Loveless”
21. Oasis – “(What’s the story) Morning glory?”
22. Eric B. & Rakim – “Paid in full”
23. Daft Punk – “Discovery”
24. Metallica – “Master of puppets”
25. Nas- “Illmatic”

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites