Curso de extensão da USP

sobre Judith Butler e Michel Foucault

O sequestro do termo "gênero":

uma perspectiva feminista do transgenerismo

Mulheres na Ciência

Estudantes criam bactéria que come o plástico dos oceanos

Mulheres na Ciência:

Duas barreiras que afastam as mulheres da ciência

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Sites onde você pode criar sua heroína, ver como ficará sua tattoo!

Create Your Own Superhero é um progama, encontrado no site da Marvel, que permite que você volte à infância e crie seu super-herói ou super-heroína a partir de três modelos, um deles feminino. Você pode bolar sua super-heroína com diferentes roupas, caras e bocas, cabelos e armas. Que tal ser como a Elektra que aparece no vídeo abaixo? O vídeo tem cenas do filme Elektra (de 2005) e Demolidor (2003), com a Jennifer Garner (Alias), e a música é Bring to Life, do Evanescence. A letra da música segue depois do vídeo.

Outro site bem legal é o TatMash, onde você pode testar como ficará uma tattoo em seu corpo antes de partir para a tatuagem real.
Você pode escolher entre alguns modelos do site ou fazer o upload de um desenho seu. Aí também faz o upload de uma foto da parte de seu corpo que receberá a tattoo e depois confere se vai ficar legal.

E tem ainda o Image Chef  onde você pode fazer montagens e inserir textos e frases nas fotos. Há várias imagens prontas para inserir os textos e criar montagens personalizadas. Além da vantagem do site ser em português.

Boa diversão!



Bring Me To Life
Evanescence
Composição: Amy Lee / Ben Moody / David Hodges

How can you see into my eyes like open doors
Leading you down into my core
Where I've become so numb
Without a soul
My spirit's sleeping somewhere cold
Until you find it there and lead it back home

(Wake me up) Wake me up inside
(I can't wake up) Wake me up inside
(Save me) Call my name and save me from the dark
(Wake me up) Bid my blood to run
(I can't wake up) Before I come undone
(Save me) Save me from the nothing I've become

Now that I know what I'm without
You can't just leave me
Breathe into me and make me real
Bring me to life

(Wake me up) Wake me up inside
(I can't wake up) Wake me up inside
(Save me) Call my name and save me from the dark
(Wake me up) Bid my blood to run
(I can't wake up) Before I come undone
(Save me) Save me from the nothing I've become

Bring me to life
I've been living a lie. There's nothing inside
Bring me to life

Frozen inside without your touch without your love, darling
Only you are the life among the dead

All of this time I can't believe I couldn't see
Kept in the dark, but you were there in front of me
I've been sleeping a thousand years it seems
Got to open my eyes to everything
Without a thought, without a voice, without a soul
Don't let me die here, there must be something more
Bring me to life

(Wake me up) Wake me up inside
(I can't wake up) Wake me up inside
(Save me) Call my name and save me from the dark
(Wake me up) Bid my blood to run
(I can't wake up) Before I come undone
(Save me) Save me from the nothing I've become

Bring me to life
I've been living a lie. There's nothing inside
Bring me to life

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Em decisão inédita, Superior Tribunal de Justiça dá ganho de causa a lésbicas que criam duas crianças; caso vai influenciar futuros julgamentos

Em decisão inédita, Superior Tribunal de Justiça dá ganho de causa a lésbicas que criam duas crianças; caso vai influenciar futuros julgamentos.
É a primeira vez no Brasil que um tribunal superior reconhece esse direito; caso também será analisado pelo Supremo Tribunal Federal.
A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça reconheceu ontem, por unanimidade, que casais gays têm o direito de adotar filhos. Apesar de o julgamento ter tratado de um caso específico, ele deve influenciar futuras decisões sobre o tema, segundo o presidente da Turma, João Otávio de Noronha.
É a primeira vez que um tribunal superior reconhece o direito. "Precisamos afirmar que essa decisão é orientação para que (...) sempre seja atendido o interesse do menor, que é o de ser adotado", atestou o     ministro João Otávio de Noronha.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Nem iguais nem diferentes: apenas gente. Histórias homossexuais!

Na semana passada, algumas notícias boas e ruins sobre nossos direitos circularam na grande imprensa e nas listas de discussão LGBT. Na Globo, foram apresentados um depoimento e uma entrevista, com respectivamente Oswaldo Braga, do Movimento Gay de Minas, exibida ao final da novela Viver a Vida, em 21/04, e com Luiz Mott, do Grupo Gay da Bahia, no Programa do Jô, exibido no dia 23/04, mostrando um bom avanço no nível de aceitação das pessoas homossexuais. O depoimento segue abaixo bem como os links para a entrevista do Mott. Ambos valem o registro e a audiência.

Por outro lado, também circulou abaixo-assinado em defesa da vida da lésbica irariana, Kiava Firouz (na foto), exilada na Inglaterra, que corre o risco de ser deportada para sua terra natal, onde será morta pelo governo islâmico, aquele do presidente Ahmadinejad apoiado por Lula e seus cúmplices. No Irã, a homossexualidade é punida com a pena de morte por apedrajamento ou enforcamento. Kiava fez um documentário sobre a vida homossexual em seu país que caiu nas mãos da polícia secreta do regime autoritário. Por isso, teve que se exilar. Agora, incompreensivelmente, seu pedido de asilo na Inglaterra foi recusado. Para evitar que ela seja deportada e morta, corre uma petição que você pode e deve assinar, clicando aqui.

Outra notícia ruim foi a história do texto apócrifo, publicado no jornal “O Parasita”, produzido por alunos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), que convocava estudantes a jogarem fezes em gays em troca de ingressos para uma festa. Assim mesmo. Pelo menos, neste caso, a coordenadoria para Políticas Públicas de Diversidade Sexual, do governo do Estado de São Paulo, anunciou, na sexta-feira, que investigará o assunto e denunciará os responsáveis por crimes de injúria e incitação à conduta criminosa contra homossexuais.

E assim, com idas e vindas, mas, passo a passo, a luta por nossos direitos vai seguindo. E, antes que me esqueça, para também combater as páginas homofóbicas na Internet, pode-se agora contar com a SaferNet, conforme informação passada pela listeira Jandira Queiroz em listas de discussão LGBT. Inclusive, se você tem um blog ou site, pode colocar o logo da SaferNet, como fiz na barra lateral aqui do CCC.

Entrevista Luiz Mott. 
http://www.youtube.com/watch?v=v8LvDghc30k
http://www.youtube.com/watch?v=Do8RNPX_fO8
http://www.youtube.com/watch?v=T9TINOLHcOc
http://www.youtube.com/watch?v=XUFNopLrjxo
http://www.youtube.com/watch?v=_Ro7Yt38LHo

Depoimento Oswaldo Braga

sábado, 24 de abril de 2010

Cântico negro - José Régio

"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...
A minha glória é esta:
Criar desumanidades!
Não acompanhar ninguém.
— Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "vem por aqui!"?

Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...
Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou,
É uma onda que se alevantou,
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Aderindo ao LOL (Laughing Out Loud) - Rindo alto!

Faz tempo que vejo, especialmente nos comentários sobre vídeos no You Tube, o pessoal iniciando ou começando uma frase com um tal de Lol. E eu cá comigo imaginando o que seria e quando descobriria o que seria.

Bem chegou o dia: botei no google o tal LOL(lol para os íntimos) e finalmente encontrei seu significado. Vem do inglês - como de praxe - e é acrônimo de rindo alto (LOL-Laughing Out Loud)), gargalhando em bom português. Linguagem da Web, por excelência, tem a ver com as boas risadas provocadas por vídeos, fotomontagens e clipes engraçados e bizarros que rolam no mundo virtual.
Enfim, o terreno da bobagem propriamente dita que nem é exclusividade de petistas, afeitos a ver propagandas subliminares do Serra nos lugares mais inusitados. Volta e meia tem alguém dizendo cada uma que parece duas. Aliás, o mundo parece estar vivendo uma fase pródiga de boçalidades e ignomínias sem precedentes. Não tem um dia que não apareça um ou uma dizendo uma besteira daquelas. Nem acabou o buxixo do tal cardeal, que resolveu culpar o "homossexualismo" pela pedofilia dos padres na Igreja, e já estamos de novo às voltas agora com o presidente da Bolívia, o cocalero Evo Morales, responsabilizando os hormônios dados aos frangos pela homossexualidade masculina....kkkkkkkkk

Mas, como essa fala é um LOL que também implica uma análise séria, vou deixá-la de lado para falar sobre um vídeo que é puro LOL. Adolescente, fã da banda Tokyo Hotel, diz, em matéria da rede portuguesa TVI, que nunca mais vai lavar o braço que recebeu autógrafo de um dos artistas, o que provoca espanto em uma garotinha que está a seu lado. Um pândego naturalmente já criou em cima da história e produziu um momento bem divertido.

Agora, quando a gente imagina que a adolescente pode ter recebido um autógrafo do cantor da banda, Bill Kaulitz, a coisa fica mais engraçada ainda. Tem fã que é cega! E como o rapaz tem fãs! Essa boy band é a coisa mais aviadada que já vi nos últimos tempos. O tal Bill parece uma moça (bela), com jeito de moça, voz de moça, uma mistura de Boy George, com Michael Jackson, David Bowie e Robert Smith, mas definitivamente gay (ou emo?!).  Enfim, nada contra, inclusive até gosto do som dos moleques e do visual do Bill, mas, considerando os anseios das fãs, é realmente para rir bem alto. Obviamente, o rapaz já afirmou que não é gay, para alívio das menininhas míopes, mas o Ricky Martin também dizia o mesmo, né?

Abaixo o vídeo das garotas enamoradas, espantadas e mais dois com os garotos da banda....alemã (por isso o sotaque). Dá para sacar bem o jeito assim..assim....androooógino....do Bill na entrevista do primeiro vídeo com o grupo germânico. Lol!



quinta-feira, 22 de abril de 2010

Amizades especiais: Se elas podem, por que você não?

Volta e meia os meios de comunicação, principalmente os ligados à proteção animal, nos trazem exemplos de amizades inusitadas entre bichos. E geralmente todos eles nos comovem, talvez porque essas supostas criaturas irracionais tenham a racionalidade - que nos parece perdida - de amar além das diferenças.

Há casos em que os humanos atuam como intermediários desses relacionamentos; outros em que as amizades - sui generis - nascem espontaneamente. Dois santuários de proteção animal nos EUA apresentam dois casos desses amores inter-espécies, ambos envolvendo cães e seus estranhos amigos.

Em Winston, Oregon, no Wildlife Safari, que abriga animais raros de todo o mundo, um filhote de guepardo, abandonado pela mãe ao nascer, ganhou um pastor da Anatólia como irmãzinha. Esse tipo de cão pastor é particularmente protetor de qualquer criatura que se lhe apresente para guardar. Não foi diferente com a pequena chita (outro nome do guepardo), chamada Sanurra, e a cadela pastora Ellie. Foi amor a primeira vista entre a protetora Ellie e a representante de uma das criaturas mais velozes do mundo (o guepardo chega a atingir 120 km por hora em corridas curtas) que, - só para variar - está ameaçada de extinção.

E os pastores da Anatólia podem ter outra utilidade para as chitas, além de fazer-lhes companhia. Na África, os conservacionistas estão doando filhotes desse tipo de cão pastor aos fazendeiros porque eles são encorpados, latem forte e afugentam as chitas que, apesar de predadoras, são tímidas e se assustam com o barulho dos cães, deixando de caçar o gado. Essa tática tem diminuído a matança dos guepardos pelos fazendeiros.

No Tennessee, no Santuário dos Elefantes, outra amizade ainda mais peculiar se desenvolveu, essa espontaneamente. Cachorros vira-latas costumam adentrar o santuário, em busca de um lar, e acabam ficando. Numa dessas incursões, uma cadela, nomeada Bella, afeiçoou-se a uma elefanta chamada Tarra e se tornaram inseparáveis, comendo, bebendo e brincando juntas. O tamanho da amizade, decididamente elefantina, ficou comprovado quando a cadela sofreu um acidente, machucou a coluna e teve de ficar de repouso até poder voltar a andar. Consternada, Tarra permaneceu de plantão, perto da casa-veterinária, durante as 3 semanas de recuperação da amiga, recusando-se a dar suas voltas costumeiras pelo santuário. 
Os guardadores do local, comovidos com a preocupação de Tarra, até levaram Bella no colo para que a elefanta a visse. E, final feliz, depois de recuperada, a amizade entre as duas se tornou ainda mais forte.

Nos vídeos abaixo, de onde tirei as infos para essa postagem, mesmo que não entenda inglês, você pode ver as imagens desses dois casos de amizade sincera de fazer inveja a muitos humanos. Num dos vídeos sobre Tarra e Bella, da CBS, o apresentador termina dizendo que a amizade entre os dois animais era um exemplo para o país e para o mundo. Se elas podiam amar assim, qual a desculpa que os humanos têm para não imitá-las?  

Boa pergunta.





quarta-feira, 21 de abril de 2010

Petistas veem chifre em cabeça de cavalo e acusam Globo de fazer propaganda de Serra!

Segundo o PT, o jingle de comemoração dos 45 anos da Globo contém propaganda subliminar da candidatura Serra porque o número 45 (45 é o número do PSDB) aparece, porque fala em fazer mais (o que lembra o mote da campanha de Serra O Brasil pode mais) e por ter fundo nas cores do país (verde, azul e amarelo), o que lembraria as cores do tucano. É mole?

No comercial (veja abaixo), atores e jornalistas da emissora repetem frases como “todos queremos mais”, “emoção? Mais!”, “educação, saúde, e, claro, amor e paz. Brasil? muito mais”. A Globo argumenta que a campanha foi criada comprovadamente em novembro do ano passado, quando não existiam nem candidaturas, muito menos slogans eleitorais, mas acabou retirando o comercial do ar para não dar pretexto de ser acusada de tendenciosa.

Lamentável a decisão porque acaba implicando autocensura, coisa que o PT adora. Por outro lado, a história já virou piada na Web, com o pessoal dizendo que o PT vai mudar as vagas de estacionamentos públicos, que estão em 45 graus, para não fazer propaganda subliminar do tucanato, que o Lula não poderá acenar com as duas mãos para o público porque aí formará o número 45 e tal fato representará propaganda subliminar do Serra e por aí vai.

E isso porque a campanha presidencial só está começando. Já imaginou até o final do ano? Ai, ai! De qualquer forma, este é um ano que seja a Globo seja o Serra seja o Brasil, todos vamos provar que podemos mais! E aproveitando que estamos falando de altas plumagens, clique aqui para ver o ex-presidente FHC dando aula de história, de inteligência e bom senso.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Sites onde você pode tocar, viajar!

A Web oferece de tudo um pouco hoje em dia, de tal forma que tem gente vivendo mais no virtual do que no real. E naturalmente os psicólogos já encontraram um novo problema a tratar em seus pacientes compulsivos por redes sociais, twitters, games, videos, pornografia. Se você fica mais tempo em frente do PC do que nas baladas com as amizades, saiba que é séri@ candidat@ ao divã.

Mas enquanto isso não rola, e você continua dividindo sua vida real e virtual em iguais proporções, vale a pena dar uma olhada em dois sites de instrução e diversão.

O primeiro deles, mais conhecido, é o Google Earth, onde você encontra o planeta Terra, em imagens tridimensionais, com direito a zoom sobre sua casa por exemplo. Localizei a minha! Que incrível! Dá localizar qualquer lugar, criar uma rota. Tem até um vôo simulado em dois tipos de avião. Precisa de joystick e um pouco de prática, mas é bem divertido olhar a Terra a bordo da aeronave imaginária. O Google Earth é um programa e precisa ser baixado. Clique no link que postei para tal.

O outro site é simpleszinho mas divertido também. Dá para você tocar num teclado virtual e até fazer um som com acompanhamento bate-estaca (6 opções de Drum-beats). É o Virtual Keyboard. Tem também diferentes tipos de som de instrumentos e a possibilidade de tocar acordes. Ainda no site GNoted você encontra outros links para tocar instrumentos on-line.

Boa diversão!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Lançado papel higiênico com a cara de Hugo Chávez. O produto atende pelo nome de Socialismo do Século XXI!

No começo da semana passada, em Miami, nos EUA, foi lançado um papel higiênico com a foto do presidente da Venezuela Hugo Chávez. O papel bolivariano, obra da empresária cubana Maria Vásquez, anteriormente exilada na Venezuela,  recebeu o título  "O Socialismo do Século XXI” .

A unidade do papel custa US$ 8,99 e tem feito grande sucesso não só entre a comunidade venezuelana como também entre a cubana exilada.  Para divulgar o produto, a empresária publicou um anúncio, no jornal semanal El Venezolano, com a chamada “Haz tu sueño realidad” (Transforme seu sonho em realidade).
Beeem, não é a primeira vez que a cara de certos líderes mundiais vai parar nos rolos de papel higiênico. E nesse departamento, vale lembrar que não só a cara mas também as ideias de alguns deles acabam tendo alguma utilidade (Em Cuba, devido a escassez do produto, o jornal do Partido Comunista,  Gramma, é utilizado pela população para a nobre tarefa de limpar o fió). Fidel Castro, George Bush, Bin Laden, Saddam Hussein também já ilustraram essas folhas que nos acompanham nos momentos mais íntimos.

Agora, fiquei aqui refletindo sobre o significado de limpar as partes pudendas com a cara do Hugo Chávez. Ele está engraçadíssimo na foto, caricato como todo bom tirano, mas tenho apreço por meus países baixos e não consigo vê-los na companhia de semelhante personagem nem de nenhum desses outros, que ilustram os papéis higiênicos abaixo, sequer momentaneamente. Além disso, esses cavalheiros sempre se mostraram mais aptos a espalhar merda para todo o lado do que em  limpá-la. Então, transformar seu sonho em realidade, com a cara do tirano de Caracas, significa exatamente o quê? Responda nosso quiz escatológico:

a) finalmente conseguir mandá-lo à merda (literalmente falando).
b) jogá-lo, junto com a merda, privada abaixo (isso é anti-ecológico, hem?)
c) dar alguma serventia a semelhante traste.

Vejam os outros papéis higiênicos. Ah! E antes que me esqueça, com tantos políticos brasileiros, do mais alto ao mais baixo escalão, tão propensos a ilustrar toilet papers, por que até agora ninguém teve essa feliz ideia nestas nossas plagas? Medo de processo, é? Pelo menos, a gente ia poder se divertir com eles, só para variar.


Fonte: impactocna.com

sábado, 17 de abril de 2010

Mais um fantástico novo gadget: o L.I.V.R.O! Corra para comprar!

Na deixa da virada do milênio, anuncia-se um revolucionário conceito de tecnologia de informação, chamado de Local de Informações Variadas, Reutilizáveis e Ordenadas - L.I.V.R.O.

Um vídeo que andou bombando na Web é o que apresento nesta postagem, divulgando um novo produto revolucionário no molde das apresentações do IPad e outros gadgets. O vídeo está em espanhol, mas o texto original, do nosso Millor, pode se conferir abaixo. Vale lembrar que este dispositivo fantástico é celebrado, em 23 de abril, O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (também chamado de Dia Mundial do Livro), data estabelecida pela  UNESCO, em sua  XXVIII Conferência Geral em l995. O texto, na verdade, é uma ode ao LIVRO, do nosso genial Millor. Boa leitura!


Um novo e revolucionário conceito de tecnologia de informação

Na deixa da virada do milênio, anuncia-se um revolucionário conceito de tecnologia de informação, chamado de Local de Informações Variadas, Reutilizáveis e Ordenadas - L.I.V.R.O.

L.I.V.R.O. representa um avanço fantástico na tecnologia. Não tem fios, circuitos elétricos, pilhas. Não necessita ser conectado a nada nem ligado. É tão fácil de usar que até uma criança pode operá-lo. Basta abri-lo!

Cada L.I.V.R.O. é formado por uma seqüência de páginas numeradas, feitas de papel reciclável e capazes de conter milhares de informações. As páginas são unidas por um sistema chamado lombada, que as mantêm automaticamente em sua seqüência correta.

Através do uso intensivo do recurso TPA - Tecnologia do Papel Opaco - permite-se que os fabricantes usem as duas faces da folha de papel. Isso possibilita duplicar a quantidade de dados inseridos e reduzir os seus custos pela metade!

Especialistas dividem-se quanto aos projetos de expansão da inserção de dados em cada unidade. É que, para se fazer L.I.V.R.O.s com mais informações, basta se usar mais páginas. Isso, porém, os torna mais grossos e mais difíceis de serem transportados, atraindo críticas dos adeptos da portabilidade do sistema.

Cada página do L.I.V.R.O. deve ser escaneada opticamente, e as informações transferidas diretamente para a CPU do usuário, em seu cérebro. Lembramos que quanto maior e mais complexa a informação a ser transmitida, maior deverá ser a capacidade de processamento do usuário.

Outra vantagem do sistema é que, quando em uso, um simples movimento de dedo permite o acesso instantâneo à próxima página. O L.I.V.R.O. pode ser rapidamente retomado a qualquer momento, bastando abri-lo. Ele nunca apresenta “ERRO GERAL DE PROTEÇÃO”, nem precisa ser reinicializado, embora se torne inutilizável caso caia no mar, por exemplo.

O comando “browse” permite fazer o acesso a qualquer página instantaneamente e avançar ou retroceder com muita facilidade. A maioria dos modelos à venda já vem com o equipamento “índice” instalado, o qual indica a localização exata de grupos de dados selecionados.

Um acessório opcional, o marca-páginas, permite que você faça um acesso ao L.I.V.R.O. exatamente no local em que o deixou na última utilização mesmo que ele esteja fechado. A compatibilidade dos marcadores de página é total, permitindo que funcionem em qualquer modelo ou marca de L.I.V.R.O. sem necessidade de configuração.

Além disso, qualquer L.I.V.R.O. suporta o uso simultâneo de vários marcadores de página, caso seu usuário deseje manter selecionados vários trechos ao mesmo tempo. A capacidade máxima para uso de marcadores coincide com o número de páginas.

Pode-se ainda personalizar o conteúdo do L.I.V.R.O. através de anotações em suas margens. Para isso, deve-se utilizar um periférico de Linguagem Apagável Portátil de Intercomunicação Simplificada - L.A.P.I.S. Portátil, durável e barato, o L.I.V.R.O. vem sendo apontado como o instrumento de entretenimento e cultura do futuro. Milhares de programadores desse sistema já disponibilizaram vários títulos e upgrades utilizando a plataforma L.I.V.R.O.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Haja o que houver, eu estou aqui! Saudades do Madredeus!

O grupo português Madredeus se tornou um dos expoentes da música de seu país, posição que foi galgando gradativamente após seu surgimento em 1985, fundado pelos músicos Pedro Ayres Magalhães e Roberto Leão. A eles se uniram, em 1986, outros dois músicos, Francisco Ribeiro (violoncelo), Gabriel Gomes (acordeão) e a cantora Teresa Salgueiro, descoberta em um bar da capital portuguesa, cantando fado, ainda aos 17 anos de idade.

O nome desse agrupamento de artistas, Madredeus, só apareceu um ano depois, em 1987, tirado do nome do bairro de Lisboa Madredeus, onde fica o Teatro Ibérico, onde gravaram seu primeiro trabalho intitulo Os dias da Madredeus, a princípio como LP, depois em CD. O trabalho, considerado inovador, tornou o Madredeus um sucesso imediato em Portugal à época.

Daí por diante, os sucessos se sucederam, com um repertório mesclado de influências da música tradicional portuguesa, da música erudita e da música popular contemporânea, em particular a brasileira (com destaque para a bossa nova). Do fado, o grupo sempre disse guardar o espírito.

Nessa carreira de sucessos, o Madredeus gravou 14 discos e fez turnês pelo mundo todo, além de compor trilhas sonoras para o filme de Win Wenders, Lisbon Story (O Céu de Lisboa) e Capitães de Abril, sobre a Revolução dos Cravos, da atriz portuguesa Maria de Medeiros. No Brasil, suas músicas também fizeram parte da trilha sonora da mini-série Os Maias (2001), da Rede Globo de Televisão, com as canções O Pastor, como tema de abertura, e outras como Matinal, Haja o que Houver e As Ilhas dos Açores.

No final de 2007, Teresa Salgueiro, a voz do Madredeus, deixa o grupo, mas a banda, apesar de bem abalada, continua existindo até hoje.

Eu conheci o Madredeus quando acompanhei a mini-série Os Maias, da Globo, e fiquei deslumbrada especialmente com a música Haja o que Houver, embora todas as outras que ilustram o drama sejam ótimas. Haja o que Houver é tema do amor profano dos dois irmãos da trama que se apaixonam ardentemente sem saber que são irmãos. Fora esse detalhe picante, música e letra são lindíssimas e se encaixam com perfeição. A música dá a sensação de leveza da brisa, do vento que Teresa canta no verso "volta no vento, meu amor." Confiram. Uma das músicas mais belas que já ouvi.

Abaixo seguem letra de Haja o que Houver, um vídeo com a música e outro vídeo com a música O Pastor.

Haja o que houver
Haja o que houver
Eu estou aqui
Haja o que houver
espero por ti

Volta no vento ó meu amor
Volta depressa por favor
Há quanto tempo, já esqueci
Porque fiquei, longe de ti
Cada momento é pior
Volta no vento por favor...

Eu sei quem és
pra mim
Haja, o que houver
espero por ti...

Há quanto tempo, já esqueci
Porque fiquei, longe de ti
Cada momento é pior
Volta no vento por favor

Eu sei quem és
pra mim
Haja, o que houver
espero por ti...



quinta-feira, 15 de abril de 2010

A falsa polêmica sobre a bandeira do arco-íris que Marina Silva teria escondido!

Simpatizo com Marina Silva. Veio de uma família numerosa de seringueiros do Acre e permaneceu analfabeta até os 15 anos de idade, quando iniciou seus estudos pelo antigo Mobral. Teve sérios problemas de saúde, como hepatite e contaminação por metais pesados quando ainda vivia no seringual.
Apesar da trajetória difícil (ao contrário de Lula que teve preguiça de estudar) foi à luta e se formou em História pela Universidade Federal do Acre. Atuou como professora secundária e depois entrou para a política, filiando-se ao PT, elegendo-se vereadora, deputada, senadora e, quando da ascensão de Lula ao poder, Ministra do Meio-Ambiente. Divergindo de Dilma Roussef sobre a questão ambiental, saiu do ministério do Meio-Ambiente e, no ano passado, deixou também o PT, para aventurar-se numa candidatura à Presidência da República pelo Partido Verde. Os sérios problemas de saúde que enfrentou, segundo consta, a levaram à religião, seguindo o cristianismo evangélico.

Já ouvi Marina em entrevista, e ela fala Português corretamente, em frases com começo, meio e fim. Traz na cara e no corpo as marcas de seu percurso difícil, mas é calma e segura. Apesar de evangélica, tem respeito pela diversidade humana, como já disse, o que agora reiterou num recente episódio envolvendo a bandeira do arco-íris.

Um vereador de seu partido, gay assumido, Sander Simaglio, entregou-lhe a bandeira do arco-íris, em evento em Minas Gerais, na esperança de que Marina a erguesse, um gesto de apoio simbólico que se iniciou anos atrás com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Segundo matéria da Folha, Marina teria escondido a bandeira, preocupada - como se especulou - com seu eleitorado evangélico, em geral homofóbico. No entanto, Marina decidiu responder a Sander, em seu blog, afirmando que passou a bandeira para sua assessora como fez com outros presentes dados na ocasião, mas que defende os direitos LGBT.  Declara ela no final da postagem em seu blog intitulada "O que penso a respeito do movimento LGBTs":
Na condição de pré-candidata à Presidência da República, me coloco como postulante a representar todos os brasileiros, independentemente do que pensam, de sua orientação sexual, do que crêem ou de sua militância. Minha história é meu compromisso. Política deve ser feita com respeito, sem proselitismo.
Por fim, reafirmo: ainda que minha conduta moral e ética integrem valores da fé cristã, que professo, não discrimino quem quer que seja e defendo plena cidadania para todos. O mesmo espero de todas as outras pessoas, candidatas ou não.

Não votarei em Marina, mas a respeito, pois ao contrário da candidata-fantasma petista, ela é dona de seu nariz, sujeito de sua própria existência (não marionete de homem algum), não massacra a língua portuguesa e defende causas justas (independente de eu concordar ou não com suas estratégias), além de ter uma trajetória coerente e sem manchas de corrupção. Sua fala, sobre a questão LGBT, me parece sincera. Fora isso, considero que sua candidatura traz um novo prisma para essa eleição.

Tenho esperanças que Serra ganhe e Marina venha a integrar seu governo. Ela tem abertura para isso e mérito também. Clique aqui para ver a íntegra da fala de Marina em seu blog.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Secretário do Vaticano culpa "homossexualismo" pela pedofilia de seus padres!

Incrível! Poderosos e hipócritas de todo o tipo, quando pegos no flagra de algo que contradiz veementemente seus discursos, sempre acham um bode-expiatório a quem responsabilizar por seus erros. A imprensa, sempre que traz à luz as falcatruas das autoridades políticas ou religiosas, é acusada de estar fazendo campanha contra o PT, a Igreja,  os evangélicos.

E claro, como a corda sempre rompe do lado mais fraco, grupos já naturalmente discriminados acabam levando a culpa pelos malfeitos alheios. Os nazistas culpavam os judeus por tudo, sobretudo pelo capitalismo, supostamente razão da crise econômica alemã, para justificar a imposição da progressiva perda de cidadania desse segmento social até chegar ao seu extermínio.

A Igreja Católica tem mantido uma cruzada contra os direitos das pessoas homossexuais e, agora, quando vários de seus membros são acusados de pedofilia (com crianças de ambos os sexos), pedofilia que parece ter sido acobertada pela Santa Madre por muito tempo, em vez de pedir perdão por sua leniência com os molestadores, vem a público afirmar que a culpa da pedofilia é do "homossexualismo" e não do absurdo celibato a que obriga padres de diferentes orientações sexuais. Disse o cardeal Tarcisio Bertone na abertura da 99ª assembleia plenária do episcopado chileno:

"Muitos psicólogos e psiquiatras já demonstraram que não há relação entre celibato e pedofilia, mas disseram-me recentemente que muitos outros demonstraram que há relação entre homossexualidade e pedofilia."

Quem são esses psicólogos e psiquiatrias que, contrariando a posição das associações de psicólogos e psiquiatras mundo afora, disseram semelhante absurdo? Vejam o vídeo abaixo da Globo sobre o assunto!

Também hoje, a Folha de São Paulo trouxe a público uma sequência de vídeos, com as técnicas utilizadas por pastores evangélicos, outros notórios combatentes dos direitos LGBT, a fim de enganar os trouxas e angariar fundos para a Igreja Universal do Reino de Deus durante a crise de 2008. Os vídeos foram fornecidos ao Ministério Público de São Paulo por um ex-voluntário da Igreja. Clique no link para ver a perfomance dos bispos.
Enfim, são esses os inimigos dos LGBTês que vivem nos acusando de ser anormais, contra a Bíblia, etc. Legal mostrar suas caras feias e hipócritas por trás da máscara da religiosidade.

sábado, 10 de abril de 2010

Biblioteca Virtual de livros brasileiros de ciências sociais

Vi este informe em outra página da Web e resolvi postar aqui também porque é de interesse público. Tem inclusive um portal chamado Plataforma Democrática, com vídeos e artigos sobre a democracia na América Latina, tema fundamental nos dias de hoje.

O Centro Edelstein de Pesquisas Sociais acaba de lançar um portal de entrada para as várias bibliotecas virtuais de acesso gratuito que desenvolve individualmente ou em parceria com outras instituições. Em particular gostaríamos de assinalar a criação da biblioteca virtual de livros brasileiros de ciências sociais, que disponibiliza livros já publicados que se encontram esgotados e os direitos autorais retornaram aos autores, ou seus direitos autorais ainda se encontram em mãos das editoras, mas estas autorizaram a colocação no site. Já estão disponíveis na biblioteca 60 livros que foram digitados e reeditados para facilitar o processo de leitura e impressão. Gostaríamos de poder contar com sua contribuição e envio de seus livros para formar parte do acervo da biblioteca (ver instruções aqui ).

Informamos que acabamos de lançar a biblioteca virtual sobre a Sociedade da Informação, que inclui 9.000 textos, em várias línguas. Igualmente seguimos trabalhando em parceria com a ScieLo na tradução de revistas latino-americanas para o inglês e na expansão da biblioteca virtual sobre a Democracia na América Latina, que conta com mais de 8.000 artigos e dezenas de vídeos como parte do Projeto Plataforma Democrática

Abraços, Bernardo Sorj

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Conservadores associam direitos homossexuais ao PT, suas ideias e mazelas!

Não canso de dizer que a ligação espúria do movimento LGBT com o PT, suas ideias e mazelas é uma lástima para nós, totalmente contraproducente. Só serve para dar aos conservadores um prato cheio de onde tirar mais munição para nos atacar.

Obviamente, os direitos homossexuais nada tem a ver com PT, suas linhas auxiliares (PCês, PSTU, PCO, PSOL...) nem com marxismos, comunismos, socialismos ou qualquer coisa que o valha. Os direitos homossexuais, como modernamente os conhecemos, são filhos das democracias liberais europeias e sobretudo da democracia norte-americana. O marco do movimento LGBT contemporâneo foi um evento ocorrido em um bar, chamado Stonewall, em Nova Iorque, em 1969, que deu origem ao Dia Internacional do Orgulho LGBT (ou orgulho gay). De lá para cá, o movimento tomou o mundo.

A esquerda marxista, comunista, socialista, etc., até a queda do muro de Berlim, até o fim das ditaduras comunistas no leste europeu e em parte da Ásia (1989-90), e até bem depois, considerava a homossexualidade (a que chamava - como a direita conservadora - de homossexualismo) um símbolo da decadência burguesa, vício burguês, por aí. Era tão execrada pela turma da Dilma Roussef quanto pela TFP.

Lula, em histórica entrevista ao jornal Lampião da Esquina (julho/1979), chegou a dizer que não havia homossexuais na classe operária, além de "argumentar" que as feministas eram todas burguesas desocupadas. O Movimento Revolucionário 8 de março (MR-8, Franklin Martins, Jucá Ferreira), durante o III Congresso da Mulher Paulista, em São Paulo (abril, 1981) quis porque quis impedir a participação das lésbicas no evento, pois lésbicas não seriam mulheres, veiculando charge, em seu jornal Hora do Povo, "em que apareciam, entre outras mulheres, duas lésbicas, uma tendo um ataque histérico ao ver mulheres do povo, enquanto a outra, caricaturalmente ‘machona’, tenta levá-la para casa". (Movimento Homossexual Brasileiro ou LGBT e as esquerdas: MR-8 não queria as lésbicas em congresso de mulheres).

A aproximação das esquerdas tradicionais da temática homossexual se dá, aqui no Brasil, a partir da década de noventa, e vai num crescendo pelo simples fato de que o movimento nacional e internacional pelos direitos homossexuais se tornou força política em todo o mundo. A questão homossexual se tornou evidente em todos os países livres, chamando a atenção dos diferentes partidos políticos de cada local. Em nosso país e na América Latina, dada à recidiva da esquerda autoritária no continente, são os partidos ligados a essa ideologia que vão cooptar e aparelhar a temática e o movimento LGBT.

Imprescindível salientar, contudo, que as mesmas reivindicações feitas aqui, pelos defensores dos direitos homossexuais, como o casamento civil homossexual, o direito de adoção de crianças por casais homossexuais, além de outras reivindicações de equiparação de direitos com a população heterossexual, continuam sendo feitas em todos os países desenvolvidos e NADA TEM A VER COM PTÊS, CORRUPÇÃO E AUTORITARISMO. Bem pelo contrário, os direitos homossexuais nasceram libertários e dependem da liberdade fornecida pelas democracias para sobreviver.

Dito isto, passo a uma análise de outro texto inacreditavelmente homofóbico (citei um outro recentemente), onde demonstro como os conservadores estão nos associando, como se não bastasse nos considerarem anormais, como corruptos, antidemocráticos, etc, em função da malfadada aliança do MHB chapa-branca de hoje com o PT e seus congêneres.

Um tal de Pr. Dr. Alberto Thieme criou a Associação de Defesa Contra a discriminação dos Heterossexuais (ADHT). Seria simplesmente uma piada (já a partir do nome) se esse cavalheiro não representasse um número expressivo de conservadores que circula por todos os sites e blogs enchendo as caixas de comentários com ataques aos direitos homossexuais que relaciona aos desmandos do PT.

Além de se posicionar como organização com a qual os homossexuais podem contar para se curar desse comportamento antinatural (Escreva-nos e indique a cidade onde mora e lhe indicaremos uma ONG que poderá lhe assistir e lhe ajudar a deixar esta pratica anti-natural.), ainda nos relaciona com a corrupção e o autoritarismo petistas:

Precisamos de sua ajuda, tornando-se membro e um lutador incansável em prol da família tradicional, do casamento apenas entre um homem e uma mulher, do combate a qualquer tipo de aborto, da defesa da heterossexualidade, do combate a pratica homossexual e lésbica e da luta para mantermos o Brasil um pais democrático, usando estratégias para combater o marxismo e o socialismo de esquerda. Queremos com isso, salvar nossos filhos, netos e bisnetos que poderão serem influenciados por esta lama que está sendo lançada com o apoio deste governo e do PT e seus associados que tem usado todos os meios ilegais, falcatruas políticas, escândalos financeiros para se conservarem no governo, vindo a ser um governo ditatorial, como já demonstrou estar começando a ser.

E continua: A ADHT também combaterá todos que tentarem impor a filosofia Marxista ou ditatorial no Brasil para que seja mantida a democracia conquistada a duras custas. ... Nosso alvo também será o de proteger nossas crianças de influencias homossexuais e das políticas marxistas. Isto posto qualquer evidencia de pregação marxista ou ditatorial será imediatamente combatida pela ADHT e seus responsáveis responsabilizados de acordo com a lei vigente.....Lutaremos abertamente também contra os desmandos deste governo, onde a corrupção financeira e política corre a solta e que está fazendo uso das associações homossexuais e ativistas como fizeram outros ditadores no passado, usando o Nazismo, o fascismo e outras filosofias ditatoriais para enganar o povo, vindo por fim a tirar vantagem do poder, tornando-se ditadores e matando, ou calando para sempre a todos que se opuseram a seus governos. Isto Já estamos vendo acontecer com a perseguição a todos quem se postam contra o homossexualismo, e religiões africanas ferindo a liberdade prevista no artigo V da Constituição Brasileira, ou seja o decreto Lei imposto por Lula contra os cristãos e judeus, o cancelamento das leis relativas ao casamento e a família, a destruição do direitos de propriedade e outras ações antidemocráticas, é uma clara evidencia de que por trás existe o interesse da implantação de um regime ditatorial para que de alguma forma perpetuar o atual presidente no Poder através do PT e seus aliados.

Também posiciona os héteros como vítimas de preconceito, ironicamente no melhor estilo petista de ser: Aplicar-se-a o crime de discriminação heterofóbica a todos que tentarem denegrir a imagem de um heterossexual ou mulher normal (não lésbica) caluniando, difamando ou discriminando ao chamá-lo de homófobo. ...Qualquer cidadão brasileiro ou residente no Brasil poderá contar com os serviços e apoio da ADHT para defesa de acusação de homofobia ou para se defender da heterofobia.

O blog onde se encontrava o texto integral dessa maravilha foi deletado. O e-mail da peça autora desse texto prodigioso é Defesa_hetero@yahoo.com e parece ainda estar válido.

Para finalizar, cumpre ressaltar que estamos simplesmente às voltas com autoritários de várias cores, todos cinicamente falando de democracia enquanto a vilipendiam. São no fundo farinha do mesmo saco, são o imã em forma de ferradura onde os extremos praticamente se tocam e juntos atraem o que de pior a humanidade já produziu. A única coisa de certo nesse texto lastimável que citei acima é quando o tal Alberto afirma que "este governo, onde a corrupção financeira e política corre a solta, está fazendo uso das associações homossexuais e ativistas como fizeram outros ditadores no passado."

No mais, esse democrata-cristão é tão democrata quanto os petistas e outros representantes da esquerda autoritária sempre foram e o são. Ambas as correntes querem impor sua visão de mundo ao conjunto da sociedade, ambas se acham donas da razão em nome de Deus, da Bíblia, ou de Marx, dos proletários, dos oprimidos. Umas invocam a tradição, outras a revolução, mas o resultado é sempre o mesmo: autoritarismo, ditaduras, censura, direitos desiguais, falta de direitos. Ambos posam de vítimas quando, de fato, são os algozes.

E sem dúvida algozes da igualdade, da inteligência, da livre expressão, componentes fundamentais da democracia, democracia que de fato nada tem a ver com nenhuma dessas perspectivas. Democracia implica exatamente o oposto do que essa gente propaga. Implica respeito às diferenças de pensamento, de credo, de etnia, de gênero, de orientação sexual. Implica capacidade de conviver com a diversidade humana, sem querer reduzi-la a um mínimo denominador comum.

Direitos iguais, nem mais nem menos precisa urgentemente voltar a ser o nosso refrão, nossa bandeira contra os fundamentalistas de todas as cores e de todos os tempos. Estes que se encontrem lá nos confins do inferno, de onde nunca deveriam ter saído ou voltado, para ficar discutindo quem é que tem mais razão.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Protesto contra a visita do presidente da China, Hu Jintao, ao Brasil!

Os organizadores do  Movimento Tibete Livre – Brasil, representantes em nosso país da ONG inglesa Free Tibet Campaign, na pessoa de seu coordenador, Paulo Stekel, estão convidando todos os (verdadeiros) defensores dos direitos humanos para um protesto contra a visita do presidente chinês Hu Jintao ao Brasil, no dia 14 de abril, das 16h às 18h, em frente ao Consulado Geral da China na cidade do Rio de Janeiro (Rua Muniz Barreto, 715 – Botafogo - Rio de Janeiro - RJ, Brasil)

A coordenação geral pede que todos levem velas para serem acesas durante o protesto. Pede também que todos que puderem levem a Constituição da República Federativa do Brasil, para que seja lido em voz alta o Capítulo I, intitulado “Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos”, de modo  que o governo chinês saiba que em nosso país não temos uma ditadura, mas sim um país governado por homens livres e sob os olhos atentos de seu próprio povo! Os budistas que participarem do protesto podem ir paramentados com suas roupas cerimoniais (zen, tchuba, etc.), bandeiras do Brasil e do Tibete, banners e cartazes pedindo a libertação do Tibete e o respeito aos direitos humanos naquela país invadido. Pede ainda que os advogados que forem participar do protesto, para garantir os direitos individuais e coletivos e a livre expressão dos manifestantes, confirmem sua presença por email antecipadamente.

A principal frase de ordem do protesto será: “Hu Jintao, Tibet will be free after the fall of the Chinese dictatorship!”; “Hu Jintao, o Tibete será livre após a queda da Ditadura chinesa!” Além da frase de ordem, dita em português e inglês, os budistas que participarem do evento poderão entoar mantras tibetanos, como o mantra principal do Tibete Livre, “om mani peme hung”, o mantra de Avalokiteshvara (Chenrezig), patrono do Tibete.

Abaixo texto que embasa o protesto

Considerações sobre a visita de Hu Jin Tao ao Brasil
No mês de abril, o presidente da China, Hu Jintao, realizará uma série de viagens oficiais por quatro países da América: Estados Unidos, Brasil, Venezuela e Chile.

Nos dias 14 e 15, Hu Jintao desembarcará em Brasília e se encontrará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, participando da reunião dos países do Bric (Brasil, Rússia, Índia e China).

A estadia de Hu Jintao nesses países, incluindo o Brasil, marca a reaproximação diplomática com os EUA, após semanas de desentendimentos institucionais (Taiwan, Dalai Lama e desvalorização do iuan) e também o aumento dos investimentos de uma das maiores economias do mundo na América Latina. Em 2008, a região recebeu US$ 50 bilhões de aplicação econômica da China.
Contudo, a China é hoje o país que mais executa seres humanos no mundo, o que, na grande maioria dos casos, ocorre sem que os acusados tenham o mínimo direito de defesa consignado nas cartas constituicionais de quaisquer repúblicas do mundo, incluindo os países membros da ONU, organização à qual a China pertence.

A China invadiu o Tibete na década de 1950 e, desde então, submete o povo tibetano a um regime ditatorial muito cruel, com a privação das liberdades individuais, coletivas, culturais, religiosas e linguísticas, algo inadmissível em pleno século XXI.

Igualmente inadmissível é o Governo Lula apoiar uma ditadura cruel como a chinesa por causa de interesses econômicos e políticos, quando a China hoje é a principal responsável pela diminuição das exportações de produtos brasileiros, produtos genuinamente verde-amarelos, por conta da desleal concorrência dos produtos chineses, feitos na base do trabalho escravo e a salários inferiores a CEM DÓLARES, algo que no Brasil, em outros tempos, seria motivo para Guerra Civil!

Propósitos do Protesto: Dar a conhecer a Hu Jintao e camarilha a indignação do povo brasileiro em relação à política adotada pelo governo chinês quanto à questão tibetana, ao status do Dalai Lama, ao sequestro do Panchen Lama e à condução dos direitos humanos no Tibete; dar a conhecer ao governo chinês que, ao contrário do atual (mas não eterno!) governo brasileiro, ideologicamente ligado à China, o povo brasileiro não aceita DITADURAS nem a privação dos DIREITOS HUMANOS, principalmente quando patrocinados pelo Estado! O tempo de Hitler, Mussolini, Salazar, Mao Tsé-Tung, Idi Amin e Saddam já se foi! O tempo da ditadura chinesa está prestes a acabar! O próprio povo chinês não aguentará ser massacrado por tantas décadas!

IMPORTANTE: O protesto será mantido mesmo com tempo chuvoso, dificuldades técnicas, intimidação policial ou decisão judicial, pois a Constituição da República Federativa do Brasil está do nosso lado!
Consulado Geral da República Popular da China - Rio de Janeiro - RJ
R. Muniz Barreto, 715 - Botafogo,  Rio de Janeiro - RJ, Brasil / CEP: 22251-090
Telefone: (0xx21) 2551-4578 / Fax: (0xx21) 2551-5736
Fraternalmente,

Paulo Stekel
(Jornalista, músico e Coordenador Geral do Movimento Tibete Livre - Brasil)
Dúvidas devem ser remetidas a pstekel@gmail.com ; por telefone a (51) 9217-5164; por MSN a paulostekel@hotmail.com

terça-feira, 6 de abril de 2010

Ricky Martin assumiu que é gay em comunicado. Era o óbvio ululante, então por que falou?

Vou dar razão ao mote deste blog, que é ser contra o coro dos contentes, e questionar o comunicado de Ricky Martin ao público,  no final de março, anunciando que é gay. Nada contra o rapaz da vida louca falar de sua vida o que bem entender - e melhor todo mundo assumido do que enrustido - mas comunicar à imprensa que é homossexual não soa estranho?

Alguém já viu alguma celebridade vir a público dizer que é hétero? Dirão: "ah, mas a sociedade pressupõe que todo mundo é hétero até prova em contrário, por isso não há razão para alguém declarar que é hétero." Mas também não há para declarar que é gay ou lésbica. Se queremos que a homossexualidade seja vista como natural, melhor agir de forma natural, como agem os héteros. Mesmo para quem sempre fingiu namorad@s de fachada, melhor simplesmente aparecer com a namorada, sendo mulher, ou com o namorado, sendo homem, do que reunir a família, os amigos e a imprensa para confessar que é homossexual. Homossexualidade não é pecado para ser confessado nem doença (foi retirada da Classificação Internacional de Doenças em 1990) para se anunciar como um desabafo tipo "tenho AIDS, mas estou vivo e bem."

Principalmente quando esses comunicados vêm de celebridades, como Ricky Martin, sempre me dá a impressão de que a criatura está com dificuldade para aparecer por seus dotes artísticos e resolve apelar para as declarações polêmicas a fim de se manter em evidência. Especialmente no caso de Ricky Martin, há razões para suspeitar de que seja realmente essa a intenção do cantor.

Li numa lista de discussão, em 2005, uma mensagem que falava da declaração de Martin (para a revista Blender) de que gostava de chuva dourada (brincadeira erótica com urina). Nessa mensagem, também já se comentava sobre a homossexualidade do intérprete, embora não tenha sido ela a razão da polêmica que girou em torno da citada declaração e sim à referência a uma preferência sexual da qual não se costuma falar em público. Martin chegou a se arrepender da revelação em função das pesadas críticas que recebeu, mas garantiu seus 15 minutos de fama.

Em junho de 2009, novamente Martin apareceu com outra declaração, desta vez assumindo que também transava com homens. Também porque sempre posara de hétero ("teve" uma namorada mexicana, a apresentadora Rebeca de Alba, por uma década), mas nunca convenceu nesse papel para quem tem um pouco de gayômetro. E, agora, em março de 2010, ele vem a público para comunicar que é gay, como se fosse alguma novidade.

Ativistas LGBT acharam o máximo. Eu achei o mínimo, pelo que ponderei acima, simples questão de marketing pessoal. E não fui só eu que achou estranho. Nos blogs e sites sobre celebridades mundo afora, o que se especula é que Martin teria recebido US$20 milhões, para se confessar homossexual, como adiantamento pelo livro de memórias sobre sua vida que está para lançar. Beeem, por vinte milhões de dólares até eu seria tentada a confessar toda a minha muy rica vida erótica para o Brasil e o mundo. Tá certo que não daria tanto IBOPE quanto as inconfidências sexuais das celebridades, mas alegraria muita gente..kkkkkk

Aliás, pode se ver, aqui no blog do próprio Ricky Martin, o rapaz falando de seu comunicado e de seu livro de memórias. É por essas e mais outras que prefiro o estilo natural e direto, mas sem espalhafato. Já disse isso em artigo que fiz sobre a visibilidade lésbica, há tempos atrás, citando Fernando Pessoa:

Não: não digas nada!/ Supor o que dirá/ A tua boca velada/ É ouvi-lo já./ É ouvi-lo melhor/Do que o dirias./O que és não vem à flor/Das frases e dos dias./És melhor do que tu./Não digas nada: sê!/Graça do corpo nu/Que invisível se vê./ Fernando Pessoa, 5/6-2-1931

O poema foi musicado pelos Secos e Molhados, nos idos da década de setenta, e continua belo e atualíssimo. Confira abaixo.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

No clube do bolinha dos guitarristas, Orianthi brilha e ofusca o machismo!

Orianthi Panagaris ficou conhecida por ser a guitarrista que aparece nos ensaios do que viria a ser a turnê de Michael Jackson, This is It. Neles, fez breves porém portentosos solos, e foi o suficiente para ficar mais conhecida do público. Dos aficcionados por rock e guitarras, em particular, Orianthi já era conhecida e admirada há algum tempo.

Nascida em Adelaide, na Austrália, em janeiro de 1985, a gata de ascendência grega (a avó nasceu na Grécia) começou a tocar violão com seis anos por influência do pai guitarrista, passou a ter aulas com um amigo do pai e, já com dez anos, iniciou o estudo de violão clássico. Aos onze, após ver um show de Carlos Santana, em Adelaide, decidiu partir para a guitarra elétrica. Aos catorze, começou a gravar músicas e a enviar seu material para a indústria musical, recebendo um sinal positivo exatamente do empresário de Carlos Santana. Mas ainda levaria 4 anos até ela poder tocar ao lado do guitarrista.

Enquanto isso, Orianthi fez parte de bandas covers em Adelaide, conseguindo, aos 15 anos, fazer o seu primeiro show como banda de abertura para o famoso guitarrista  Steve Vai. Com dezoito, enfim conseguiu fazer uma apresentação com o ídolo Carlos Santana, para um público de pelo menos 15 mil pessoas, arrancando elogios fervorosos do guitarrista que afirmou que, se fosse para passar seu bastão para alguém, seria para ela (Carlos Santana é considerado um dos maiores guitarristas do mundo). Essa apresentação, rendeu  um DVD que, por sua vez, acabou rendendo um contrato com a Geffen Records.

Atualmente, com apenas 24 anos, Orianthi já é considerada uma das 12 melhores guitarristas de todos os tempos, tendo feito parcerias com Prince, Eric Clapton, Carrie Underwood, Green Day e Michael Jackson. Carinhosamente chamada de Deusa (dá para entender porque), em 2005, gravou e produziu o seu primeiro álbum (Universal, 2007), Violet Journey, e no final de outubro de 2009, seu segundo trabalho, chamado Believe.

Conta a lenda que o mitológico grupo de rock brasileiro, os Mutantes, teria terminado, entre outras coisas, com a expulsão de Rita Lee da banda, porque os roqueiros estariam  interessados em parceiros para virtuosísticos solos de guitarra, o que uma mulher não seria capaz de realizar. Beem, lenda ou realidade, nada como uma década atrás da outra para derrubar mitos machistas e mostrar do que é capaz uma mulher talentosa em qualquer cidadela masculina.

Orianthi é um arraso nas cordas, sobretudo considerando sua pouca idade. E ela também canta, embora nem precisasse. Produziu inclusive um hit chamado According to you que reproduzo abaixo com a letra. Mas o que realmente impressiona é o seu virtuosismo com a guitarra que dá para conferir nas apresentações com Steve Vai e em outros vídeos abaixo.

Atenção: Essa postagem é desaconselhável para petistas e linhas auxiliares. Contêm cenas explícitas de mérito. Para tocar assim, Orianthi chegou a ensair 9 horas por dia. Orianthi no My Space

According to you /I'm stupid,/I'm useless,/I can't do anything right./According to you/I'm difficult, hard to please,/forever changing my mind./I'm a mess in a dress,/can't show up on time,/even if it would save my life.

According to you. According to you./But according to him/I'm beautiful, incredible,/he can't get me out of his head./According to him/I'm funny, irresistible,/everything he ever wanted./Everything is opposite,/I don't feel like stopping it,/so baby tell me what I got to lose./He's into me for everything I'm not, according to you (refrain).

According to you/I'm boring, I'm moody,/you can't take me any place./According to you/I suck at telling jokes cause I always give it away. /I'm the girl with the worst attention span;/you're the boy who puts up with it.

Refrain... I need to feel appreciated,/like I'm not hated. oh-- no--./Why can't you see me through his eyes?/It's too bad you're making me decide./ According to me/you're stupid, you're useless,/you can't do anything right.

Refrain...According to you/According to you./According to you/I'm stupid, I'm useless, I can't do anything right.






quinta-feira, 1 de abril de 2010

Corruptos fora das Eleições 2010! Lei Ficha Limpa vai ser votada em 7 de abril!

Repassando chamada do pessoal da AVAAZ e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral sobre a votação da Lei Ficha Limpa! Vamos tirar a bandidagem da política, pessoal! Mãos à obra!

Caros amigos,

Chegou a hora: dia 7 de abril será a votação da Lei Ficha Limpa na Câmara dos Deputados. Ou eles irão apoiar a lei e remover políticos corruptos e criminosos da política brasileira, ou eles irão decidir preservar os piores deles ao custo de toda a nação.

Não será uma vitória fácil -- força corruptas estão resistindo bravamente – mas com um empurrão final poderemos superá-los. Esta é a reta final para pressionar nossos deputados a votarem a favor da política limpa no Brasil -- assine a petição no link abaixo, ela será entregue diretamente ao Congresso:

Se a Ficha Limpa passar candidatos que cometeram crimes sérios como lavagem de dinheiro, trafico de drogas e assassinato, serão removidos das eleições de outubro. Este pode ser um enorme passo para livrar o Brasil de uma classe política corrupta.

Através de muita pressão popular da Avaaz e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, nós ajudamos a introduzir esta lei e passá-la no grupo de trabalho parlamentar. Porém vários partidos políticos irão ver seus candidatos desqualificados das eleições de outubro, se esta lei passar --portanto muitos vão tentar impedir a lei de passar. Nós não podemos perder esta oportunidade histórica – vamos mobilizar milhares de brasileiros nesta reta final -- assine a petição abaixo:

Em um movimento histórica, mais de 1.6 milhões de brasileiros já levantaram as suas vozes contra a corrupção na política. Nós não podemos perder agora -- cada nome conta – encaminhe este alerta para todos que você conhece para eles fazer a sua parte também!

Com esperança,

Alice, Graziela, Paula, Paul, Ricken, Pascal, Benjamin, Ben e toda a equipe Avaaz


Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites