Curso de extensão da USP

sobre Judith Butler e Michel Foucault

O sequestro do termo "gênero":

uma perspectiva feminista do transgenerismo

Mulheres na Ciência

Estudantes criam bactéria que come o plástico dos oceanos

Mulheres na Ciência:

Duas barreiras que afastam as mulheres da ciência

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Partida de Dona Ruth Cardoso deixa o Brasil mais pobre

O falecimento de Dona Ruth Cardoso, antropóloga e intelectual, mulher digna e brilhante, esposa do presidente Fernando Henrique Cardoso, na noite do dia 24/06/08, vítima de uma arritmia grave, deixou o país mais pobre de espírito, menos elegante em todos os sentidos. A fala da Lúcia Hipólito da CBN, sobre Ruth Cardoso, não está mais no ar. No blog da cientista política, pode-se fazer uma pesquisa sobre o assunto.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Dia do Orgulho Lésbico aprovado pela Assembléia Legislativa de São Paulo


Os deputados que integram a Comissão dos Direitos Humanos da Assembléia Legislativa paulista aprovaram, em reunião desta quinta-feira, 19/6, o Projeto de Lei 496/2007, do deputado Carlos Giannazi (PSOL), que institui o Dia do Orgulho Lésbico no Estado, a ser comemorado anualmente em 19 de agosto (clique na imagem ao lado para saber mais). A proposta, que recebeu o voto contrário do deputado André Soares (DEM), prevê que a comemoração passe a fazer parte do Calendário Oficial de Eventos do Estado. Por ter sido acolhida em deliberação conclusiva, a matéria não precisa ir a Plenário e a nova lei entrará em vigor na data de sua publicação.
Pois, é, o dia do orgulho lésbico, uma homenagem a primeira manifestação organizada e protagonizada por mulheres lésbicas no Brasil contra o preconceito e a discriminação, ocorrida em 19 de agosto de 1993 (foto ao lado do Jornal da Tarde), virou dia oficial de comemoração na cidade e no estado que a viu nascer.

Mais uma vez essa data tão importante, mas tão mal reconhecida, vence uma batalha contra a opressão não só dos inimigos de sempre (fundamentalistas religiosos, conservadores em geral) mas também daqueles e daquelas que - como diria o Renato Russo - estão do nosso lado, mas deveriam estar do lado de lá.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Vambora - Adriana Calcanhotto

Composição: Adriana Calcanhotto

Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
Prá mudar a minha vida

Vem, vambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva...

Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz...

Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro

Dentro de um livro
Na cinza das horas...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites